sábado, 25 de abril de 2009

Governador WALDEZ GOES OLHA ESTA AQUI. O SR. NAO TEM....

Bispos manifestam preocupação com direitos humanos dos migrantes
... no mundo globalizado e desigual, milhões de migrantes em direção aos países mais desenvolvidos. Muitos países já não podem prescindir da contribuição dos imigrantes ... Últimas notícias
noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=269641
· Página em cache
Projeto Trama
... ultimas décadas. De 1960 a 2 000 o numero de imigrantes passou de 76 para 175 milhões; eram 2,5% em 1960 e passaram a representar 2,9% da população do mundo. ... no mundo que cerca de 50% dos migrantes ...
www.projetotrama.org.br/opiniao/artigos3.asp?id=13
· Página em cache
Grito dos Excluídos Continental -Artigos Semanais
Notícias ... de imigrantes passou de 76 para 175 milhões; eram 2,5% em 1960 e passaram a representar 2,9% da população do mundo. Nas últimas ... dos migrantes no mundo ...
www.gritodosexcluidos.com.br/artigosSemanais/artSem04
· Página em cache
Centenário da imigração japonesa
Especial com notícias, fotos e infográficos dos cem anos da imigração japonesa no ... Vida dos migrantes nos cafezais é tema de ... reproduz o Japão no Pavilhão Imigrantes
g1.globo.com/Sites/Especiais/0,,9980.html
· Página em cache
Celebram Missa por migrantes e paz no México
... Internacional, para pedir pelos migrantes e pela paz no ... deve desempenhar pela solidariedade e a unidade “a favor dos ... Últimas notícias
www.acidigital.com/noticia.php?id=15121
· Página em cache
Migrantes em navio aguardam decisão entre Malta e Itália - JM ...
... e Roteiros; IR; Blogs; Últimas Notícias ... imigrantes, que estavam doentes, foram resgatados da embarcação de helicóptero e levados para a ilha. Os dois países ainda não decidiram qual será o destino dos migrantes que estão no ...
portal.rpc.com.br/jm/online/conteudo.phtml?tl=1&id=878621&tit=Migrantes-em-navio-aguardam-...
· Página em cache
ZENIT - Instrução «A caridade de Cristo para com os migrantes»
... se, no entanto, que a maior parte dos migrantes no mundo ... nas suas expressões religiosas e culturais. 29. As últimas ... dos sacerdotes da língua, cultura e rito dos imigrantes ...
www.zenit.org/article-4030?l=portuguese
· Página em cache
Documento Final
... no exterior, nipo-brasileiros, migrantes internos e imigrantes ... mundo do turismo, pescadores, brasileiros emigrados, nipo-brasileiros, migrantes e imigrantes ... no site da CNBB para divulgação dos trabalhos, intercâmbio de notícias e ...
www.migrante.org.br/documentofinal_enc_mobilidadehumana07out05.doc
· Página em cache
· Arquivo DOC
ALÉM FRONTEIRAS
... migrantes jovens para que estudem também e possam conquistar mais espaços no mundo ... dos Migrantes e Refugiados, no ... imigrantes privilegiando a continuação do processo de formação dos leigos. (notícias ...
www.migrante.org.br/alemfronteirasnr30.doc
· Página em cache
· Arquivo DOC
Comissão Pastoral da Terra - Secretaria Nacional
... Notícias 01/12/2006 - 15:24 - Pastoral dos Migrantes faz denúncia e anuncia mobilização pelo Dia Internacional dos Imigrantes ... mundo segundo a Monsanto" será lançado no ...
www.cptnac.com.br/?system=news&action=read&id=1699&eid=8
· Página em cache

Menos o Gov. Waldez olha para a migracao os outros Governadores admiram este povo trabalhador e sofrido.

GuiaNet. O Guia do Brasil. - Estado do Amapá.
Colonização: ingleses, holandeses, portugueses e migrantes ... No séc. XIX, a descoberta de ouro e o aumento dos ... internacionais da borracha incentivam o povoamento do Amapá
www.guianet.com.br/ap/index.html
· Página em cache
A POPULAÇÃO DA REGIÃO NORTE: PROCESSOS DE OCUPAÇÃO E DE ...
Dessa observação destaca-se, de um lado, que em nível das microrregiões das capitais, os migrantes de origem interestadual revelaram-se majoritários no Amapá, Roraima ...
www.fundaj.gov.br/tpd/112.html
· Página em cache
Governo do Estado do Amapá
... do Amapá, se originou de um destacamento militar fixado no mesmo ... dos Açores (Veja capítulo referente à chegada dos primeiros migrantes: O Amapá ...
www4.ap.gov.br/Portal_Gea/municipios/municipio-macapa.htm
· Página em cache
IBGE :: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
... poderão ser acessados também na página do IBGE , no ... contemporânea com forte presença nordestina, de migrantes do ... 173, de outubro de 1966, abrange os estados do Acre, Amapá ...
www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=799
· Página em cache
Governo do Estado do Amapá
... se a exportação do manganês no Amapá. É inaugurada a Escola Coaracy Nunes, no bairro Santa Rita (21 de março de 1957) e chega a Macapá o terceiro grupo de migrantes ...
www4.ap.gov.br/Portal_Gea/historia/dadosestado-administra.htm
· Página em cache
Rede Record - DOMINGO ESPETACULAR
... que segue o padrão da classe média norte-americana e que alojou boa parte dos migrantes ... Para a maioria dos que moram neste vilarejo no Amapá, a dura realidade é apenas um ...
www.rederecord.com.br/programas/domingoespetacular/conteudo_ver.asp?c=416
· Página em cache
Cadernos de Saúde Pública - Malaria in Amapá State, Brazil, 1970 ...
Malária no Estado do Amapá, Brasil, de 1970 a 2003: trajetória e controle ... de ocupação e desenvolvimento da Amazônia 3,4, associada ao afluxo de migrantes a ...
www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-311X2007000600009&script=sci_arttext
· Página em cache
IMDH – Instituto Migracoes e Direitos Humanos
O movimento dos migrantes entre os Estados brasileiros caiu durante a década de 90. Alguns Estados, no entanto, registraram aumento de população, como, Amapá, Tocantins ...
www.migrante.org.br/artigo3outubro.doc
· Página em cache
· Arquivo DOC
Características da fecundidade e da mortalidade segundo a condição ...
Em dezenove Unidades da Federação, em 1991, as mulheres migrantes possuíam uma maior concentração da fecundidade no grupo de 15 a 24 anos. São eles, Roraima, Pará, Amapá ...
www.abep.nepo.unicamp.br/docs/anais/outros/4EncNacSobreMigracao/SCI-8.pdf
· Página em cache
· Arquivo PDF
Malária no Estado do Amapá, Brasil, de 1970 a 2003: trajetória e ...
Saúde Pública, Rio de Janeiro, 23(6):1339-1348, jun, 2007 1339 Malária no Estado do Amapá ... de ocupação e desenvol-vimento da Amazônia 3,4, associada ao afluxo de migrantes a ...
www.scielo.br/pdf/csp/v23n6/08.pdf
· Página em cache
· Arquivo PDF

Ultimas noticias e so Governador Waldez nao da importancia a AMAP.mais o mundo da.

Imigração japonesa no Brasil - Wikipédia, a enciclopédia livre
... e o brasileiro. Atualmente, o Brasil abriga a ... de imigrantes chineses e japoneses no Brasil e ... O Brasil tornou-se então um dos poucos países no mundo a aceitar imigrantes do ...
pt.wikipedia.org/wiki/Imigração_japonesa_no_Brasil
· Página em cache
APOSTILA COMPLETA DE GEOGRAFIA DO BRASIL
... aconteceu no brasil e no restante do mundo ... brasileira migrantes e imigrantes ... dos imigrantes que ajudaram a ocupar e a povoar o estado do parana: 7) atualmente no brasil não ...
www.scribd.com/doc/5316579/APOSTILA-COMPLETA-DE-GEOGRAFIA-DO-BRASIL
· Página em cache
BRASIL República Federativa Bandeira Brasão Armas Lema
... 700, um player de blu-ray fabricado no Brasil. Tem áudio de 7.1 canais, é ... 9.3 Idiomas de imigrantes e bilingüismo ... um plano econômico inédito no mundo ...
www.tiosam.net/enciclopedia/index.asp?q=Brasil
· Página em cache
Região Norte do Brasil - Wikipédia, a enciclopédia livre
... maior estado do Brasil, respectivamente Amazonas e Pará, e também o maior município do mundo em área territorial, Altamira, no Pará ... ilha de Marajó e no ... Coaraci Nunes, no Amapá ...
pt.wikipedia.org/wiki/Região_Norte_do_Brasil
· Página em cache
IMDH – Instituto Migracoes e Direitos Humanos
MIGRANTES E REFUGIADOS NO BRASIL - Realidade e Desafios ... O aumento dos conflitos no mundo e as ... de entidades que atuam com imigrantes e refugiados no Brasil e ...
www.migrante.org.br/artigo3outubro.doc
· Página em cache
· Arquivo DOC
Fuvest 2000
... proporção de imigrantes regionais ou nacionais no ... indígenas no Brasil, é ... conservação no Brasil. Sobre esta atividade, é FALSO dizer que a) atrai turistas de todo o mundo ...
www.frigoletto.com.br/Fuvest2000/fuvest2000.htm
· Página em cache
Revista Pangea Mundo
... geral, os migrantes nordestinos dirigiram-se especialmente para o Tocantins, as porções meridionais do Pará, o Amapá e ... fluxo de imigrantes ... da água no mundo e no Brasil 7 ...
www.clubemundo.com.br/revistapangea/show_news.asp?n=33&ed=4
· Página em cache
Brasil.com.br
... de todas as partes do Brasil e do mundo ... Trade Turístico” e “Unidades de Conservação do Estado do Amapá”. ... 15), das 10 às 19h, no Centro de Exposições Imigrantes e ...
brasil.com.br/site/conteudo/busca.php
· Página em cache
Comissão Pastoral da Terra - Secretaria Nacional
... Migrantes faz denúncia e anuncia mobilização pelo Dia Internacional dos Imigrantes ... O mundo segundo a Monsanto" será lançado no ... no Brasil. Pistoleiros cumprem ameaças e ...
www.cptnac.com.br/?system=news&action=read&id=1699&eid=8
· Página em cache
Nações Unidas no Brasil
América Latina registrou 11 milhões de imigrantes entre 2000 e ... documento, que mapeia a ação ilegal no Brasil e no mundo ... financeira faz com que europeus culpem os migrantes ...
www.onu-brasil.org.br/busca.php
· Página em cache

sexta-feira, 10 de abril de 2009

CITACAO DO AMOR NA BLIBIA - Joel Ciliao.

Para meus amigos que estão...SOLTEIROSO amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá. Mas quando menos esperar, ela está ali do seu lado. O amor pode te fazer feliz, mas às vezes também pode te ferir. Mas o amor será especial apenas quando você tiver o objetivo de se dar somente a um alguém que seja realmente valioso. Por isso, aproveite o tempo livre para escolher .Para meus amigos...NÃO SOLTEIROSAmor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes nem princesas. Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos. O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.Para meus amigos que gostam de...PAQUERARNunca diga "te amo" se não te interessa. Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem. Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração. Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-lo derramar em lágrimas por causa de ti. A COISA MAIS CRUEL QUE ALGUÉM PODE FAZER É PERMITIR QUE ALGUÉM SE APAIXONE POR VOCÊ, QUANDO VOCÊ NÃO PRETENDE FAZER O MESMO. Para meus amigos...CASADOS. O amor não te faz dizer "a culpa é", mas te faz dizer "me perdoe". Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar. Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores. A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos; mas sim o quanto nesses anos vocês foram bons um para o outro.Para meus amigos que têm um CORAÇÃO PARTIDOUm coração assim dura o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir. Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não permita que ele chore para sempre. Permita-se rir e conhecer outros corações. Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar os outros, aprenda a viver sua própria vida. A DOR DE UM CORAÇÃO PARTIDO É INEVITÁVEL, MAS O SOFRIMENTO É OPCIONAL!E LEMBRE-SE: É MELHOR VER ALGUÉM QUE VOCÊ AMA FELIZ COM OUTRA PESSOA, DO QUE VÊ-LA INFELIZ AO SEU LADO.Para meus amigos que são...INOCENTES.Ela(e) se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade. Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro; não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado(a), mas pode descobrir que ela(e) é uma ótima pessoa e pode vir a se tornar uma(um) grande amiga(o).Para meus amigos que tem MEDO DE TERMINAR.As vezes é duro terminar com alguém, e isso dói em você. Mas dói muito mais quando alguém rompe contigo, não é verdade? Mas o amor também dói muito quando ele não sabe o que você sente. Não engane tal pessoa, não seja grosso(a) e rude esperando que ela(e) adivinhe o que você quer. Não a (o) force terminar contigo, pois a melhor forma de ser respeitado é respeitando.Pra terminar ... Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.... Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela... Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável... Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples... Um dia percebemos que o comum não nos atrai... Um dia saberemos que ser classificado como o "bonzinho" não é bom . .Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você... Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso... Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...Enfim... Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para dizer tudo o que tem que ser dito... O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutar para realizar todas as nossas loucuras... Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

CITACAO DO AMOR NA BLIBIA - Joel Ciliao.

Para meus amigos que estão...SOLTEIROSO amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá. Mas quando menos esperar, ela está ali do seu lado. O amor pode te fazer feliz, mas às vezes também pode te ferir. Mas o amor será especial apenas quando você tiver o objetivo de se dar somente a um alguém que seja realmente valioso. Por isso, aproveite o tempo livre para escolher .Para meus amigos...NÃO SOLTEIROSAmor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes nem princesas. Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos. O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.Para meus amigos que gostam de...PAQUERARNunca diga "te amo" se não te interessa. Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem. Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração. Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-lo derramar em lágrimas por causa de ti. A COISA MAIS CRUEL QUE ALGUÉM PODE FAZER É PERMITIR QUE ALGUÉM SE APAIXONE POR VOCÊ, QUANDO VOCÊ NÃO PRETENDE FAZER O MESMO. Para meus amigos...CASADOS. O amor não te faz dizer "a culpa é", mas te faz dizer "me perdoe". Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar. Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores. A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos; mas sim o quanto nesses anos vocês foram bons um para o outro.Para meus amigos que têm um CORAÇÃO PARTIDOUm coração assim dura o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir. Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não permita que ele chore para sempre. Permita-se rir e conhecer outros corações. Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar os outros, aprenda a viver sua própria vida. A DOR DE UM CORAÇÃO PARTIDO É INEVITÁVEL, MAS O SOFRIMENTO É OPCIONAL!E LEMBRE-SE: É MELHOR VER ALGUÉM QUE VOCÊ AMA FELIZ COM OUTRA PESSOA, DO QUE VÊ-LA INFELIZ AO SEU LADO.Para meus amigos que são...INOCENTES.Ela(e) se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade. Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro; não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado(a), mas pode descobrir que ela(e) é uma ótima pessoa e pode vir a se tornar uma(um) grande amiga(o).Para meus amigos que tem MEDO DE TERMINAR.As vezes é duro terminar com alguém, e isso dói em você. Mas dói muito mais quando alguém rompe contigo, não é verdade? Mas o amor também dói muito quando ele não sabe o que você sente. Não engane tal pessoa, não seja grosso(a) e rude esperando que ela(e) adivinhe o que você quer. Não a (o) force terminar contigo, pois a melhor forma de ser respeitado é respeitando.Pra terminar ... Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.... Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela... Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável... Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples... Um dia percebemos que o comum não nos atrai... Um dia saberemos que ser classificado como o "bonzinho" não é bom . .Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você... Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso... Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...Enfim... Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para dizer tudo o que tem que ser dito... O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutar para realizar todas as nossas loucuras... Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

TEORICOS DO ABSOLUTISMO.

Teóricos do absolutismo.

Surgiram várias teorias justificadoras do estado absolutista:

Nicolau Maquiavel – defende que a política deve atender ao interesse nacional.

Thomas Hobbes – em seu livro Leviatã, mostra que o estado seria uma grande entidade tão poderosa que dominaria todo cidadão. Para Hobbes a autoridade do Estado deve ser absoluta, para proteger os cidadãos contra a violência e o caos da sociedade primitiva. É lícito o rei governar despoticamente já que o próprio povo deu a ele o poder absoluto.

Jacques Bossuet – para ele o poder real emana de Deus. A autoridade do rei é sagrada, ele age como um ministro de Deus e rebelar-se contra ele é rebelar-se contra Deus.

Jean Bodin – autor de a República defende a idéia da soberania não partilhada. Para ele o poder também emana de Deus e o príncipe tem o poder de legislar sem precisar do consentimento de quem quer que seja.

Hugo Grotius – defende o governo despótico, o poder ilimitado do estado, afirmando que sem ele estabeleceria o caos e a turbulência política.

JOEL CILIAO O QUE A ADMINISTRACAO PUBLICA.fala voz da verdade.

Administração pública é o conjunto de órgãos, serviços e agentes do Estado que procuram satisfazer as necessidades da sociedade, tais como, educação, cultura, segurança, saúde, etc. Em outras palavras, administração pública é a gestão dos interesses públicos por meio da prestação de serviços públicos, sendo dividida em administração direta e indireta.
A administração direta é aquela exercida pelo conjunto dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Nesse caso, os órgãos não possuem personalidade jurídica própria, patrimônio, nem autonomia administrativa.
Diferentemente da administração direta, a qual o Estado exerce suas funções diretamente, na administração indireta, o mesmo transfere a sua titularidade ou execução das funções para que outras pessoas jurídicas, ligadas a ele, possam realizar. A administração indireta é composta pelas autarquias, fundações, sociedades de economia mista, empresas públicas e outras entidades de direito privado. Tais entidades possuem personalidade jurídica própria, patrimônio e autonomia administrativa.
A concessão que o Estado dá ao concessionário deve ser feita sempre através de licitação, um processo de análise das propostas mais vantajosas para o Estado, significando, portanto, uma medida de uso racional dos recursos públicos. A administração indireta visa à descentralização, ou seja, a distribuição de competências de uma para outra pessoa, física ou jurídica.

VOTAR NULO FUNCIONA, ME RESPONDE JOEL CILIAO A VOZ DA VERDADE.

O voto nulo é utilizado com uma forma de protesto.


Em época de eleição política a população se enche de expectativas, esperando que o representante no qual confiou seu voto cumpra com seus deveres e com as promessas feitas durante a campanha. Boa parte da população já teve algum tipo de desilusão política como, por exemplo, confiar seu voto em um determinado político e posteriormente descobrir que ele faz parte de uma rede de corrupção.
São inúmeros casos de políticos envolvidos em práticas ilícitas e conseqüentemente o aumento do número de eleitores descontentes com a política. Sabe-se que no Brasil o voto é obrigatório, quem não vota fica sujeito a certos impedimentos da justiça, como não poder se matricular em universidades federais, etc. Em outros países como, por exemplo, Estados Unidos da América o voto não é obrigatório, vota quem quer. Mas qual seria a solução para os milhões de brasileiros insatisfeitos com as administrações públicas do país? Muitos vêem o voto nulo como a luz no fim do túnel.

Navegando pela internet é possível encontrar em diversos sites de relacionamentos pessoas instigando o voto nulo, emissoras de TV também fazem campanhas a favor desse tipo de voto.

Dados do IBGE revelam que mais de 30% dos brasileiros não sabem quem é o governador de seu estado. E só 18% praticaram alguma ação política, como fazer uma reclamação ou preencher um abaixo-assinado. Para o sociólogo Edson Passetti, pesquisador do Departamento de Política da PUC-SP, votar nulo não serve para eliminar corruptos da política, mas pode funcionar como uma crítica generalizada. "Optar pelo voto nulo é saudável como protesto contra todo um sistema." Na prática, em uma eleição para deputados federais, estaduais e senadores, pode a maioria dos votos ser nulo que mesmo assim tomariam posse dos respectivos cargos, mesmo que na votação tenham ganhado apenas alguns votos. A Constituição garante que servem apenas os votos válidos (exceto nulos e brancos) na contabilização dos votos. Numa eleição presidencial a história já é outra, pois duas leis entram em conflito a respeito da maioria dos votos nulos. O código eleitoral de 1965 prevê a anulação em casos de mais de 50% de votos nulos numa eleição majoritária, já a Constituição de 1988, reza que valem só os votos válidos. Nesse caso, a decisão caberia ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A maioria dos votos nulos é de pessoas bem informadas, com pelos menos o Ensino Médio concluído. Para que o voto nulo seja realmente um protesto válido (que tenha força) seria necessário que aproximadamente mais de 50% dos brasileiros o fizessem, pois enquanto o voto nulo for manifestado apenas por algumas pessoas, ele não causará o efeito desejado. Enquanto isso não acontece, o melhor é optar pelo voto consciente, que é basicamente quando você pesquisa sobre a vida dos candidatos, coloca na balança as propostas reais, ou seja, aquelas que ele poderá realmente colocar em prática. Fazendo a comparação entre os candidatos você poderá escolher aquele que tem mais a oferecer à sociedade durante seu mandato.

Cabe ao eleitor escolher a melhor forma de protestar a falta de uma política com ética e respeito para a população brasileira.
(sao as palavras da voz da verdade JOEL CILIAO).

JOEL CILIAO FALA A VERDADE O QUE E ANISTIA.

A Anistia é dada na maioria das vezes em casos de crimes políticos.

A palavra “anistia” vem do grego amnestía, que significa esquecimento. Basicamente, anistia é o ato jurídico, por parte do Estado na forma do Poder Legislativo, de perdoar uma ou mais pessoas que cometeram certos delitos, sobretudo no âmbito político. Assim, o Estado torna as acusações sobre os condenados, nula e sem nenhum efeito.
Em diversas ocasiões o governo brasileiro usou deste artifício. Quando o Estado queria um fim pacífico de um conflito dentro do próprio país, passava a propor anistia a todos que desistissem da guerra, perdoando seus delitos contra a soberania e ordem política. Um exemplo disso foi a Revolução Federalista, onde os rebeldes receberam anistia.
Para alguns, a anistia pode representar uma nova forma de impunidade, sendo um objeto de polêmica. Por esse motivo, os atos de anistia são efetuados somente em ocasiões especiais, como no caso de presos políticos.

Joel Ciliao o que e TRES PODERES fala a voz da verdade.

A idéia norteadora a respeito dos Três Poderes foi desenvolvida por Aristóteles na Antigüidade, porém foi aplicada pela primeira vez na Inglaterra, em 1653. Contudo, o conceito definitivo foi desenvolvido por Montesquieu, na obra "O Espírito das Leis", publicada em 1748. Segundo Montesquieu, "É preciso que, pela disposição das coisas, o poder retenha o poder". É justamente essa a idéia principal dos Três Poderes: provocar um equilíbrio entre eles, para que cada um exerça controle sobre o outro.
O Poder Executivo, constituído geralmente pelo presidente da república e seus ministros, executa as ações, administra a nação, cumpre as leis e age para que a elas sejam cumpridas.
O Poder Legislativo analisa as propostas e elabora as leis que irão reger a nação. Esse tipo de poder é constituído pelo Congresso Nacional, que no caso do Brasil, é dividido em duas partes: o Senado e a Câmara dos Deputados.
A Câmara dos Deputados é representada em Brasília, pela cúpula convexa, simbolizando a “mão aberta” da Câmara em relação às necessidades do povo, pois é esse órgão que discute e aprova as leis provenientes da demanda popular. O Congresso Nacional, representado pela cúpula côncava, simboliza a “mão fechada”, pois após as leis requeridas pela população serem aprovadas na Câmara, elas precisam ainda ser aprovadas pelo Congresso para entrarem em vigor.
O Poder Judiciário tem o poder de julgar e aplicar as leis elaboradas pelo Legislativo e exercidas pelo Executivo. Ministros, desembargadores e Juízes formam a classe dos responsáveis por essa função. Além disso, da mesma forma como existe uma divisão hierárquica do Poder Executivo (Governo Federal, Estadual e Municipal), no Poder Judiciário existe também o Supremo Tribunal Federal, os Tribunais Regionais Federais, etc.

SAIBA O QUE E LAVAGEM DE DINHEIRO POR JOEL CILIAO A VOZ DA VERDADE DO AMAPA / BRASIL.

Lavagem de dinheiro por Joel Ciliao é o processo de transformar, aparentemente, dinheiro ilegal em dinheiro legal. Normalmente o processo passa por várias transações para esconder a origem e permitir sua utilização sem comprometimentos. A lavagem de dinheiro se tornou uma prática de fácil por não poderem ser calculados devido à grande circulação no exterior. Tal fato permite que traficantes, contrabandistas de armas, terroristas e funcionários corruptos continuem suas atividades de lucros fáceis.
Os mecanismos mais usados são:
- Colocação: é a primeira etapa onde se insere o dinheiro ilegal no sistema econômico do país ocultando sua origem. É feita por meio de depósitos, compra de instrumentos negociáveis ou bens.
- Ocultação: é a segunda etapa onde se dificulta o rastreamento contábil quebrando o ciclo de evidências para impossibilitar as investigações. Utilizam contas anônimas movimentadas somente por meios eletrônicos.
- Integração: é a última etapa onde os ativos se integram ao sistema econômico sendo investido em empreendimentos que facilite sua atividade.

O QUE E POLITICA MEU POVO. FALA A VERDADE JOEL CILIAO.

Segundo o filósofo grego Aristóteles, a política é a ciência que tem por objetivo a felicidade humana e divide-se em ética (que se preocupa com a felicidade individual do homem na Cidade-Estado, ou pólis), e na política propriamente dita (que se preocupa com a felicidade coletiva). A política situa-se no âmbito das ciências práticas, ou seja, as ciências que buscam conhecimento como meio para a ação.
Dizia Aristóteles:
"Vemos que toda cidade é uma espécie de comunidade, e toda comunidade se forma com vistas a algum bem, pois todas as ações de todos os homens são praticadas com vistas ao que lhes parece um bem; se todas as comunidades visam algum bem, é evidente que a mais importante de todas elas e que inclui todas as outras, tem mais que todas, este objetivo e visa ao mais importante de todos os bens; ela se chama cidade e é a comunidade política" (Pol., 1252a). Enfim a Política é tudo o que se relaciona à busca de ações para o bem estar tanto individual como coletivo.

QUEM TEM MEDO DA LISTA DE CORRUPTOS.? joel cilia - responde.

JOEL CILIAO
A VOZ DA VERDADE DO AMAPA.

Dias atrás, uma menina linda e inteligente, de apenas onze anos, disse-me: “Não gosto de política”. Eu, Joel Ciliao, que me comunico razoavelmente bem com estudantes do Ensino Superior, levei dezenas de minutos tentando mostrar à pré-adolescente a razão pela qual uma pessoa que se pretende culta comete uma gafe, uma mancada, quando diz que não gosta de política.


Muitos foram os argumentos de que me vali para fazer a menina entender meu ponto de vista. Voltei aos antigos gregos e citei Aristóteles, para quem o ser humano é um “zoon politikom”, um animal político. Disse que precisamos separar bem o mundo do “eu” do mundo do “nós”, o mundo do “meu” do mundo do “nosso”. O relógio, a máquina fotográfica e o par de chinelos podem ser administrados no âmbito do “eu” e do “meu”. A praça, o sistema de distribuição de água de uma cidade e a escola pertencem ao conjunto daquilo que precisa ser coletivamente organizado, posto que imprescindível para o bom funcionamento de uma cidade, local onde moram os “políticos”, os “cidadãos”.


Com isso, tentei dizer que, na vida política, em seu sentido original, o público e o privado se entrecruzam, motivo pelo qual a sensatez ao lidar com essas duas dimensões é que constitui a verdadeira política, a qual exige retidão de caráter e senso de justiça para que a igualdade e a liberdade de todos sejam respeitadas. Quando o público e o privado são confundidos, e quando os políticos que compõem os partidos tomam uma pela outra, as coisas se embaralham e nos levam a não diferenciar a representação partidária com a prática política que nos é inerente, e até vital. Nesse sentido, uma vez que, considerando Aristóteles, somos “animais políticos”, dizer que não gostamos de política significa dizer que não gostamos de nós mesmos, que não gostamos do ser humano.


No fim das contas, não sei se dei o meu recado; como não sei se as pessoas estão compreendendo bem o sentido que a “lista suja” (se não juridicamente por não haver o transitado em julgado, mas já, sim, politicamente) de representantes partidários tem para a nossa democracia. Alguns a vêem como pré-julgamento; outros, como um indicativo sobre quem escolher para cuidar do mundo do “nosso” nas próximas eleições. De minha parte, filio-me ao segundo grupo, até porque o julgamento político de representações que não atendem à ética da correção no trato da coisa pública se dá de maneira mais rápida que o julgamento feito pela Justiça, a qual, às vezes, além de atrasar, ainda nos falta.


Parece-me que, ao publicar a lista dos candidatos a cargos públicos que têm o nome sujo no trato com o “bem comum”, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) emite um alerta: “Olhe bem e avalie: há indícios de que este se comportou assim. Ele merece uma segunda chance?” Talvez seja o caso de deixar o debate jurídico para os especialistas da área e nos atentarmos para o sentido político dessa lista, da qual só têm medo aqueles que devem alguma coisa no cartório, o que já nos diz muito. Para finalizar, talvez seja oportuna a lembrança de Péricles, o político grego que, bem antes de Cristo, viu na remuneração dos representantes do povo um instrumento que permitia aos pobres se desvencilharem das obrigações cotidianas para se dedicarem à gestão daquilo que nos é comum na vida social. Foi por isso que, na Oração Fúnebre, Péricles sentenciou que “o fato de um homem ser pobre não o impede de prestar serviços ao Estado”.


O que nos interessa mais é o caráter pedagógico dessa “lista suja”, e menos as brechas que a “tecnicisse” e a “teatralidade” jurídicas do direito elitista vigente entre nós não alcançam. Assim sendo, que a lista da AMB nos ajude a identificar quem anda confundindo as coisas Brasil afora e, assim, auxilie-nos na escolha sensata daqueles quem devem se encarregar da administração daquilo que, produzido por todos, pertence a todos nós. Quem sabe assim não ajudamos as pessoas a entenderem o sentido real do “quefazer” político, a começar pelas nossas crianças? palavras de JOEL CILIAO - A VOZ DA VERDADE. (http://avozdaverdadejoelciliao.blogsport.com/ ).




O POVO QUER SABER E JOEL CILIAO FALA A VERDADE - O QUE e Partidos Politicos.

É um grupo de pessoas que se associam em torno de interesses e idéias comuns e com o objetivo de conquistar o poder e mantê-lo. Os partidos políticos atuais tiveram origem no século XVIII, na Inglaterra. No Brasil em 1964, os militares extinguiram os partidos existentes e instituíram o bipartidário, tendo apenas duas organizações: o MDB (Movimento Democrático Brasileiro) que era uma grande frente de oposição, e a Arena (Aliança Renovadora Nacional) que reunia os defensores do regime militar. Já em 1985, o então presidente José Sarney instituiu o pluripartidarismo, o que permite a criação de quaisquer partidos políticos desde que respeitadas as leis vigentes. Atualmente o Brasil possui 27 partidos políticos:
PRP (Partido Repulicano Progressista)
PAN (Partido dos Aposentados da Nação)
PCO (Partido da Causa Operaria)
PCB (Partido Comunista Brasileiro)
PC do B (Partido Comunista do Brasil)
PDT (Partido Democrático Trabalhista)
PFL (Partido da Frente Liberal)
PHS (Partido Humanista da Solidariedade)
PL (Partido Liberal)
PMN (Partido da Mobilização Nacional)
PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro)
PP (Partido Progressista)
PPS (Partido Popular Socialista)
PRONA (Partido da Reedificação da Ordem Nacional)
PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro)
PSB (Partido Socialista Brasileiro)
PSC (Partido Socialista Cristão)
PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira)
PSDC (Partido Social Democrata Cristão)
PSL (Partido Social Liberal)
PSTU (Partido Socialista dos trabalhadores Unificado)
PSOL (Partido Socialismo e Liberdade)
PT (Partido dos Trabalhadores)
PT do B (Partido Trabalhista do Brasil)
PTB (Partido Trabalhista Brasileiro)
PTN (Partido Trabalhista nacional)
PV (Partido Verde)

O POVO QUER SABER E JOEL CILIAO FALA A VERDADE - O QUE e Lobby

O termo “lobby” é muito utilizado no meio político. Infelizmente, grande parte da população possui uma concepção errônea do significado da palavra. Primeiro, precisamos entender que lobby nada mais é do que um grupo de pressão na esfera política, um grupo de pessoas ou organizações que tentam influenciar, aberta ou secretamente, as decisões do poder público em favor de seus interesses. Fazer um lobby é algo muito natural, feito por todos nós. Entre alguns exemplos de lobbyes, podemos citar a ocasião de um filho tentar convencer seu pai a lhe dar um aumento de mesada ou quando um sindicato discute melhorias nas condições de trabalho com uma empresa. Nos EUA, por exemplo, a profissão de lobista é reconhecida oficialmente, sendo até regulamentada por lei. No país, o lobby é reconhecido como uma importante parte do processo político. Para alguns especialistas, o lobby não pode “entrar pelo porão, pois assim se insere no conluio e precisa da barganha”. Para a secretária adjunta de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana de Minas Gerais, Maria Coeli Simões Pires, no meio político não existem anjos nem demônios, mas sim, interesses, principalmente o interesse econômico. Desta forma, o lobby precisa ser desvinculado da imagem de ilegalidade, uma vez que defender os interesses de um grupo de pessoas ou de organizações, além de ser importante, é um direito de todos.

O POVO QUER SABER E JOEL CILIAO FALA A VERDADE - O QUE E que o SENADOR faz.

O Senador é o encarregado de representar os Estados-membros da federação, são eleitos diretamente. Cabe ao senador: - Zelar pelos direitos constitucionais do povo; - Propor, debater e aprovar leis de interesse nacional; - Aprovar a escolha presidencial dos presidentes e diretores de empresas públicas, membros do poder judiciário e diplomatas; - Autorizar operações financeiras externas e condições de crédito. Fiscalizar o Presidente da república e avaliar e votar Projetos de Lei, entre outros. Seu mandato é de oito anos, o Distrito Federal e cada estado têm o direito de elegerem três senadores, independente do seu tamanho e de sua população.

O POVO QUER SABER E JOEL CILIAO FALA A VERDADE - O QUE e que o GOVERNADOR FAZ.

Dentre o poder executivo do Estado, o cargo de governador é o cargo político que representa a autoridade máxima. Somente em países cujo pacto é federativo, o governador é eleito de quatro em quatro anos, através de votação. A principal função do governador é de chefiar o executivo a nível estadual.

O POVO QUER SABER E JOEL CILIAO FALA A VERDADE - O QUE E deput.federal faz.

Eleito por voto direto e secreto é o representante nacional popular. Assim como os deputados estaduais, os federais também no decorrer de seu mandato nao podem mudar de partido. Seu mandato tem a duração de 4 anos, podendo se reeleger em eleições futuras. Cabe a ele legislar e zelar pelas leis e dogmas constitucionais nacionais, podendo propor, revogar, emenda à Constituição Federal.

O POVO QUER SABER E JOEL CILIAO FALA A VERDADE - O QUE E NEPOTISMO.

É a concessão de cargos e de favores a parentes, em detrimento a pessoas mais qualificadas. Pode ocorrer tanto em instituições privadas quanto em instituições públicas. Países onde o nepotismo não é aceito? Os países industrializados não aceitam de forma alguma o nepotismo, veja como exemplo os Estados Unidos, lá os casos de nepotismo quando confirmados os altos funcionários públicos são demitidos na hora. Como ocorre o Nepotismo? Ocorre quando, por exemplo, um funcionário recebe uma promoção de cargo simplesmente pelo fato de ser parente daquele que o promove, tendo em vista que há pessoas mais qualificadas e merecedoras daquele cargo. Ou também quando alguém é contratado sem passar por testes ou concurso, pelo fato de ter parentesco com quem está contratando. Como ocorre o nepotismo na política? Ocorre quando alguém que ocupa um cargo político favorece pessoas que tenham relação de parentesco com ela, dando cargos públicos, fazendo favores entre outros.

O POVO QUER SABER E JOEL CILIAO FALA A VERDADE - O QUE O DEPUTAD ESTADUAL FAZ.

Assembléia Legislativa Estadual, lugar onde trabalha o deputado estadual.

Recebe o nome de deputado, o candidato que foi eleito pelo povo para ser seu representante no parlamento. Segundo a Constituição Federal de 1988, deputado estadual é um detentor de cargo político, que tem a incumbência de representar o povo na esfera estadual. Para um candidato ser eleito, é considerada a votação de seu partido político ou coligação de partidos, além da votação recebida pelo candidato. O deputado Estadual desenvolve suas funções na Assembleia Legislativa Estadual. Em situações normais, seu mandato é de quatro anos. Entretanto, o candidato pode concorrer à reeleição diversas vezes, sem haver uma quantidade limitada de mandatos. Sua função principal no exercício do cargo é legislar, propor, emendar, alterar, revogar e derrogar leis estaduais. Além de fiscalizar as contas do governo estadual, criar Comissões Parlamentares de Inquérito e outras atribuições referentes ao cargo.

terça-feira, 7 de abril de 2009

SITUACAO DOS MIGRANTES ATUALMENTE NO MUNDO POR JOELCILIAO PRES. DA AMAP/AP

4 abr. 2009 O Papa Bento XVI expressou hoje –durante a oração do Ângelus com os peregrinos congregados na Praça de São Pedro– sua «grande tristeza» perante as últimas mortes de migrantes africanos no mar. O Papa se referia assim à tragédia ocorrida ...ZENIT RSS-Newsfeed - http://www.zenit.org/[ Mais resultados de ZENIT RSS-Newsfeed ]
PUBLICO.PT - Papa Bento XVI pede acção urgente contra tráfico de ...
5 abr. 2009 por Lusa O Papa Bento XVI pediu hoje uma acção urgente dos países da União Europeia e de África para terminar o tráfico de migrantes, considerando que a crise económica levou mais pessoas a empreenderem a viagem rumo à Europa.Publico.pt Última Hora - http://www.publico.clix.pt/ - Referências
Curitiba, 316 anos - Migrantes em Curitiba « Paulo Branco ...
3 abr. 2009 por Paulo Branco Domingo, 29 de Março de 2009Curitiba, 316 anos - Migrantes em CuritibaA RPC - Rede Paranaense de Comunicação, mostrou uma série de reportagens sobre a cidade que completa, 316 anos neste 29 de março. Este vídeo, mostra que o número de ...Paulo Branco - Radialista - Weblog - http://pbradialista.wordpress.com/
A mente & os protocolos da cultura digital (3) - Conector - OESQUEMA
26 mar. 2009 por Gustavo Mini Fato: a maior parte dos migrantes digitais “fala” com sotaque. E estranha a maior parte dos novos protocolos de comunicação, por mais que adote e curta muitos deles. É o que o Bruno comentou há algumas semanas, no post A Geração do Meio ...Conector - http://www.oesquema.com.br/conector/
Mulher Migrante em Congresso: Imagem das Mulheres Migrantes nos ...
31 mar. 2009 por Maria Teresa Aguiar Mulher Migrante em Congresso. Convite à participação nas iniciativas da Associação "mulher Migrante" no seu 15º ano de actividades. Debate sobre "questões de género" no domínio das migrações. ...Mulher Migrante em Congresso - http://mulhermigranteemcongresso.blogspot.com/[ Mais resultados de Mulher Migrante em Congresso ]
CONTROVÉRSIA (Blog) » Na China, 20 milhões de migrantes estão sem ...
26 mar. 2009 por Ricardo Segundo o governo chinês, 40% da receita dos lares rurais está ligada ao dinheiro enviado por trabalhadores migrantes às suas famílias. A crise mundial, que atinge a China de forma mais dura do que o previsto, preocupa as autoridades. ...CONTROVÉRSIA (Blog) - http://blog.controversia.com.br/[ Mais resultados de CONTROVÉRSIA (Blog) ]
Líbia encontra 100 corpos de migrantes afogados
1 abr. 2009 Setenta e sete corpos de migrantes foram levados pelas ondas à praia de Trípoli na noite de terça-feira e outros 23 corpos foram encontrados entre domingo à noite e terça-feira – disse uma autoridade à Reuters. ...Correio do Brasil - http://www.correiodobrasil.com.br/[ Mais resultados de Correio do Brasil ]
Geograficamenteblogando: SITUAÇÃO DOS MIGRANTES BRASILEIROS NA ...
14 mar. 2009 por Geograficamente Blogando Estudos disponíveis sobre os migrantes brasileiros para os países da Europa Ocidental desenvolvidos indicam que, em sua maior parte, estavam desempregados ou sub-empregados no Brasil e sobretudo, sem perspectivas de uma inserção com ...Geograficamenteblogando - http://alunoscesa.blogspot.com/[ Mais resultados de Geograficamenteblogando ]
CRISTOVÃO PETRY: VALE A PENA VER DE NOVO - MIGRANTES
16 mar. 2009 por Cristovão Petry MIGRANTES traz para a cena, a memória de pessoas que vieram para Joinville no processo de crescimento de oferta de mão de obra na indústria nos anos 70/80. O ponto de partida para o espetáculo foram as entrevistas existentes no ...CRISTOVÃO PETRY - http://cristovaopetry.blogspot.com/[ Mais resultados de CRISTOVÃO PETRY ]
Brazilian Women's Group: SOLIDARIEDADE AOS MIGRANTES (NOTA DA CNBB)
22 ago. 2008 por Brazilian Women's Group Nós, bispos do Conselho Episcopal de Pastoral da CNBB, vemos com apreensão e preocupaçã o a adoção, por países para onde afluem numerosos grupos de migrantes, de medidas que ferem princípios básicos dos direitos humanos dos migrantes e ...Brazilian Women's Group - http://brazilianwomensgroup.blogspot.com/

sexta-feira, 3 de abril de 2009

IMIGRANTES E QUALIDADE DE VIDA NA AMAZÔNIA SETENTRIONAL BRASILEIRA

O presente estudo é parte integrante de um programa maior denominado "Plano Municipal de Desenvolvimento Sustentável – Adote uma Bacia", financiado pelo Ministério do Meio Ambiente do Brasil, em cooperação com o Movimento de Cidadania pelas Águas. O programa visa, entre outros objetivos, estimular a participação e a mobilização das comunidades e da sociedade civil organizada no processo de gestão de bacias hidrográficas.

O artigo retrata resultados parciais da pesquisa de campo realizada com a população residente na área, quando se revela alguns indicadores de qualidade de vida, bem como suas estratégias de sobrevivência ao longo da bacia do Canal do Jandiá, na cidade de Macapá, Estado do Amapá (Amazônia brasileira). Os levantamentos de campo foram primeiramente realizados, pela Diocese Católica de Macapá(1)e depois pela equipe professores e alunos da Fundação Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), participantes do programa "Adote uma Bacia" (de agosto a outubro de 1998).

A criação do Território Federal: um marco importante.

A história demográfica do Estado do Amapá não difere, significativamente, dos demais estados da federação brasileira, em particular daqueles que integram a Região Amazônica, onde a ocupação do espaço sempre esteve ligado à exploração de seus recursos naturais.
A criação do Território Federal do Amapá, em 1943 (tutelado pelo Governo Central) como Área de Segurança Nacional ( sob o controle direto dos Ministérios da Marinha e do Interior), provoca uma efervescência populacional para o setentrião brasileiro nos anos que se seguiram à sua criação. Sem dúvidas, é este um marco importante para compreender o atual estágio de "crescimento" populacional no eixo Macapá-Santana.
Nas décadas de 1950 e 1960, a Política Desenvolvimentista do governo federal propiciou a implantação de grandes projetos econômicos, ao mesmo tempo que mobilizou a população de outras regiões para ocupar os chamados "vazios demográficos amazônicos". Essa política teve relativo efeito nas demografias regional e local, gerando uma ocupação progressiva de terras devolutas e fomentando o surgimento de novos núcleos populacionais (Tabela 1) .
Tabela 1 Evolução Demográfica do Estado do Amapá - 1950 a 1980
Ano
População residente
Variação absoluta
Variação relativa
1.950
37.477
-
-
1.960
68.889
31.412
83,81
1.970
116.480
47.591
69,08
1.980
175.257
63.598
54,59Fonte: IBGE/AP.
Ainda, no extinto Território Federal do Amapá, o processo de ocupação urbana triplicou com a implantação da Industria e Comércio de Minérios S/A . (ICOMI), que tinha por finalidade a exploração do manganês para atender as indústrias siderúrgicas do Brasil, Europa e Estados Unidos (2).
Modernização e crescimento dos anos 1970 e 1980
Dentre as novas posturas assumidas pelo Estado está o incentivo irrestrito ao industrialismo, ao rodoviarismo e ao integracionismo nacionais, a custa do intenso processo de reconstrução fundiária em todo país: expulsão de lavradores e de índios (5.095 no Amapá em 1995) de suas terras, degradação ambiental e intenso fluxo migratório no sentido campo-cidade e entre todas as demais regiões do país.
Na Amazônia, e no Amapá, esta concepção de sociedade e de organização territorial, podem ser explicados através da abertura dos eixos rodoviários, com incentivo aos investimentos de capitais do sul do Brasil e do exterior: Projetos de Colonização, para ali colocar os miseráveis da injusta Política Agrária Nacional ( o caso da construção da Transamazônica e da perimetral norte); os grandes projetos Agro-pastoris (o Projeto Jari – para a produção de celulose branqueada – no sul do Amapá ) e a falência do grande número de garimpos que se proliferam pelo estado ( municípios de Calçoene e Vila Nova, ao norte do Amapá) ( Tabela 2).
Tabela 2 Utilização de terras no Brasil
Destino
Área em hectares
Sobre o total de terras %
Lavouras anuais
45.500.000
11
Lavouras Permanentes
11.000.000
3
Áreas em Descanso
9.000.000
3
Pastagens naturais
107.000.000
30
Pastagens Cultivadas
70.000.000
18
Florestas e Bosques
78.000.000
22
Reflorestamento aproveitamento
5.500.000
1
Terras não agricultáveis
18.000.000
5
Terras produtivas sem nenhuma utilização
26.000.000
7
Total
370.000.000
100Fonte: MST, com dados do IBGE/INCRA – 1995
Destaque-se o empreendimento Jarí-Monte Dourado, como um dos projetos de maior mobilidade de capital e mão-de-obra do antigo Território Federal: A população de Monte Dourado (no vizinho Estado do Pará) passou de três mil para 50 mil habitantes no final dos anos 1970. Outra realidade danosa foi a favela que se formou no entorno do projeto: a Vila do Beiradão (considerada a maior favela da Amazônia, hoje transformada no município de Laranjal do Jari com cerca de 25.000 habitantes).
Todavia, a falta de incentivo do governo e os diversos erros cometidos pelo empresário Daniel K. Ludwig, (empresário norteamericano, dono do negócio) levou à falência do empreendimento e a conseqüente venda de seus negócios na Amazônia para um grupo de empresas brasileiras sob comando do Grupo CAEMI, no ano de 1982. Adiciona-se também a concentração de terras, a ausência de uma política agrária regional, provocando o aumento do fluxo imigratório para Macapá e Santana; os dois principais focos de "crescimento urbano do Amapá". (Tabela 3)
Tabela 3 Área dos Municípios e Estimativa Populacional do Estado do Amapá para 1.997(3)
Município
Área (km2)
Número de habitantes
Dens. demog (Hab./Km2)
População %
1. Amapá
9.203,5
6.388
0,69
1,59
2. Pedra Branca do Amapari
9.537,9
3.333
0,35
0,83
3. Calçoene
4.333,0
5.803
0,40
1,44
4. Cutias
2.127,6
2.078
0,98
0,52
5. Ferreira Gomes
5.072,2
2.667
0,53
0,66
6. Itaubal
1.569,8
2.131
1,36
0,53
7. Laranjal do Jari
31.170,3
25.033
0,80
6,23
8. Macapá
6.562,4
234.083
35,67
58,24
9.Mazagão
3.189,6
11.962
0,91
2,98
10. Oiapoque
2.725,7
10.426
0,46
2,59
11. Porto Grande
4.421,6
7.635
1,73
1,90
12. Pracuúba
4.979,1
1.758
0,35
0,44
13. Santana
1.599,7
74.135
46,34
18,45
14.Serra do Navio
7.791,3
3.038
0,39
0,76
15. Tartarugalzinho
6.742,0
4.581
0,68
1,14
16. Vitória do Jari
2.428,0
6.865
2,83
1,71
Total do Estado
43.453,7
401.916
2,80
100,00Fonte: FIBGE/AP, Estimativa populacional do estado do Amapá.
Assim, a década de 1980 vai ser marcada pelos fracassos sucessivos dos projetos de desenvolvimento dos Governos Militares para a Amazônia brasileira, em meio a derrocada do "Milagre Brasileiro", quando parte dos investimentos econômicos e sociais são retirados da região, sobretudo, investimentos ligados às políticas de financiamento agropecuário e reforma agrária. Em contrapartida, a entrada de investimentos em outros setores - mineral, metalúrgico, hidrelétrico, etc. - provocaram um reordenamento da população local em direção aos centros onde a dinâmica do dinheiro de melhores condições de vida lhe parecia melhor.
Nos anos 1980, quando a população urbana de Macapá (nesta época as duas cidades, Macapá e Santana, estavam no mesmo município) era de 137.451 habitantes, não se imaginava um crescimento exorbitante para a população das duas cidades. No ano de 1997 a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (FIBGE) estima em 234.083 habitantes para Macapá ( Tabela 4).
Tabela 4 Comportamento Demográfica do Amapá - 1991 a 1997
Local

Ano
base



1991
1980
1995
1996
1997
População do Estado
289.397
175.257
326.188
379.459
401.916
População de Macapá
179.777
137.451
189.080
220.962
234.083
Taxa de crescimento populacional no Estado (período 91/96)=31,12% e 5,3% anual;
Taxa de crescimento populacional de Macapá (período 91/96)=22,90% e 4,28% anual;
No ano de 1997, registra-se uma taxa de urbanização no Estado, na ordem de 87,14%. Fonte: IBGE/AP.
A situação mais recente
Outros fatores também contribuíram para o crescimento demográfico do Amapá: a transformação do ex-Território em Estado da Federação (05/10/1988) e a regulamentação da Área de Livre Comércio de Macapá e Santana (ALCMS), criada pela Lei n.º 8.387, de 30.12.91 e regulamentada pelo decreto n.º 517, de 08.05.92), quando novos e sucessivos fluxos imigratórios do norte, nordeste e centro-sul foram atraídos para o Estado em busca de emprego e condições satisfatória de vida. Sobre este aspecto, pesquisas tem demonstrado que o processo de imigração/mobilização de mão-de-obra na Amazônia Setentrional , não é tão recente nem exclusivamente (inter/intra) regional(4).
Um breve comentário da conta que chegam diariamente em Macapá e Santana 10 famílias, sendo que elas representam 53,62% vindas do vizinho Estado do Pará; 13,83% do Interior do Amapá; 9,14% do Maranhão, 3,50% do Ceará e os demais do restante do Brasil(5).
Todas essas evidências que a população das Ilhas do Pará - Arquipélago Marajoara (Afuá, Breves e Chaves) é detentora de um comércio varejista informal em ascensão em Macapá e Santana; atividade bastante representativa, quando consultados os Cadastros de Empregos do Sistema Nacional de Empregos do Amapá (SINE/AP).
Caracterização rápida da área.
Na Amazônia Setentrional as cidades, os núcleos mais estruturados cada vez mais vão assumindo o papel de receptores dos deserdados sociais da Amazônia e de outras regiões do Brasil, sem possuírem, contudo, o mínimo de infra-estrutura habitacional, sanitária, transporte e energia.
Situada na margem esquerda do Rio Amazonas, a cidade de Macapá possui características urbanas bem definidas e originais, diferenciando-se das demais capitais da região Norte: A área urbana do município de 6.862,4 km2 , sendo o sítio urbano limitado a Leste pelo Rio Amazonas; a Oeste, pela Lagoa dos Índios formada pelas ressacas(6) Chico Dias – nos seguintes bairro: Congós, Santa Rita, Alvorada e Nova Esperança e ressaca do Sá Comprido - Alvorada e Santa Rita), ao Sul, pelas ressacas do Beirol e Tacacá (bairros do Beirol, Congós, Muca, Buritizal, Novo Buritizal e Universidade); e a Norte, pela Ressaca do Pacoval, com um canal central ( o Jandiá).
A fisiografia típica das várzeas inundáveis da planície amazônica, de pedologia representada por solos hidromórficos gleisados, sedimentares com média fertilidade natural e alto grau de vulnerabilidade natural ao tipo de ocupação; caracterizaram a forma de ocupação do sítio urbano obedecendo, tanto a topografia local, quanto o processo de valorização do espaço urbano sobre diversas formas (maior potencialidade físico-natural, incorporação fundiária ao patrimônio público municipal e a especulação imobiliária pelo capital privado).
Embora o relatório preparado pelo extinto Governo Territorial (1975-1979)(7) já indicasse que a possibilidade de ocupação rumo setor oeste da cidade (aeroporto) e ao setor sul (estrada de Fazendinha). O poder público desconsiderando o seu "planejamento" induziu a ocupação das áreas de ressacas, quando a criação de infraestrura básica não acompanha o ritmo do crescimento populacional nem tampouco promove a equidade social dos serviços públicos, tanto no aspecto social quanto no aspecto geográfico.
A Ressaca do Pacoval/Canal do Jandiá, de aproximadamente 10 km de extensão (montante a jusante) de área total drenada (atingindo os bairros do Pacoval, Perpétuo Socorro. Cidade Nova e Canal do Jandiá), onde estima-se que a população residente na área some, aproximadamente, diez mil famílias em assentamentos irregulares.
A identidade marginal do imigrante
Em pesquisa de campo, realizada entre os meses de setembro e novembro de 1998, dois problema relevantes foram apontados pela população, os quais sobretudo, revelam indicadores marcantes da qualidade de vida no local: tratamento de água e coleta de lixo. Problema grave para um população que mora na foz do maior tributário de água doce do planeta ( o rio Amazonas com 96 por cento do total de águas frescas do da terra). A busca pela melhoria da qualidade de vida é marcada pela trágica ocupação da áreas menos valorizadas - ressacas - configurando-se em bairros favelados com problemas diversos.
Notadamente, a ocupação desordenada e acelerada das ressacas em Macapá, tem produzido crescente e rápida degradação do bioma dessas áreas inundáveis, bem como o aviltamento da qualidades de vida da população que ali moram: o despejo de dejetos e de lixo não tratados nos lagos e canais naturais de escoamento de água do rio amazonas e das chuvas, tem provocado profundas alterações no regime hidrológico e na morfologia hidrográfica, de grande impacto sobre o meio ambiente e nas comunidades locais.
Os recursos extrativistas - por exemplo, o açaí(8), importante na alimentação básica da população regional e antes abundantes nessas áreas, praticamente desapareceram. Ao mesmo tempo, várias doenças se proliferaram como a malária, leptospirose e febre amarela, algumas verminoses e gripe constantes. Apesar de todos esses problemas, nota-se a ausência do poder públicos local.
Pesquisa documental em jornais nos últimos 15 anos, há revelado uma certa identidade incômoda do imigrante e do ambiente. O jornal de maior circulação em Macapá quando trata de população que mora nos bairro de periferia, destaque em primeiro lugar a condição de violência, seguido de outros problemas (Tabela 5).
Tabela 5 Bairros de Imigrantes na Imprensa Escrita
Temas – 1996
Fr
Fr %
Violência
62
56,37
Água
15
13,64
Lixo
3
2,72
Transporte
3
2,72
Ação Educativa
2
1,81
Cons.Infraestrutura.
11
10,00
Saúde
6
5,46
Outros
8
7,28
Total
110
100,00Fonte: Pesquisa no Jornal de maior circulação em Macapá – 1998.
Então vejamos, portanto, algumas notícias, publicados no Jornal do Dia que expressão esta situação de violência e esquecimento.
Violência
"Espancamento – O paraense.., quando passava perto de sua residência no bairro P Socorro, ouviu gritos desesperados de uma menina que estava sendo espancada por vários elementos...e salvou a menina. Facada – O menor...foi vitima de uma facada nas costas, por um elemento identificado por ...na Danceteria Dana Ana no bairro Perpétuo Socorro" (9).
"Abandonado, bairro vive drama da sujeira e falta de segurança – O bairro N.S.Perpétuo Socorro há vários anos enfrenta sérios problemas com a falta de segurança e infra-estrutura como: ruas tomadas pelo mato e pela lama, aumento considerável de furtos e lesões corporais, área tomada por madeiras colocadas pelas estâncias e serrarias, o caminhão de lixo que só passa de quatro em quatro dias na área e o aumento de doenças por parte das crianças"(10).
Água
" Defeito em bomba deixa bairro sem água – A falta de água tratada em grande parte da Vila Nova, Bairro P. Socorro, está dificultando a vida dos moradores há cinco dias consecutivos. A falta de água deve-se ao rompimento de um cabo que soltou a bomba que fazia a captação da água no sistema, instalado na avenida Bahia, Pacoval"(11).
"Ponte sobre o canal do Igarapé ameaça desabar Existe perigo para quem passar na ponte sobre o canal do Igarapé das Mulheres, no bairro do Perpétuo Socorro, pois, a madeira está podre, podendo causar um acidente fatal. Lavar roupa, beber água potável fornecida pela CAESA e tomar banho no bairro é um sacrifício que exige um posto noturno de observação junto às bicas de água"(12).
"Muita lama nas ruas do P. Socorro – Na época da chuva, os habitantes de Macapá sofrem com os males que ela traz. Lama e doenças ocasionadas por mistura da água potável com água insalubre, além de casas que são inundadas. No bairro do P. Socorro, como os demais bairros da periferia, as ruas do interior dos bairros viram lama, deixando os seus moradores sem condições de sair de casa. No bairro existe uma caixa d’água da CAESA que está sempre vazia, e quando a mesma possui água ainda é enferrujada"(13).
Lixo
"Lixo acumulado acausa doença na comunidade – o acúmulo de lixo domésticos numa área localizada no final da avenida ...no bairro Perpétuo Socorro, dificulta a vida dos moradores"(14).
Saúde
"Centros de Saúde estão sem medicamentos – Os Centros de Saúde de Macapá, estão atendendo precariamente os pacientes devido a demora no fornecimento de remédios, entre esses centros encontra-se o do Perpétuo Socorro e Santa Inês"(15).
"Governo repassa verba para associação do bairro – O presidente da Ass. dos Moradores do Bairro do P. Socorro..., recebeu das mãos do Governador...um cheque no valor de 5 mil reais garantindo a compra de material de consumo para abastecer o Centro de Saúde"(16).
Construção de Infra-estrutura
"Chuva chega e causa muito transtorno – Em vários bairros Periféricos de Macapá, como o São Lázaro, Santa Inês e Perpétuo Socorro tiveram suas ruas alagadas pela chuva, as águas chegaram a invadir algumas casas"(17).
"Moradores do Jandiá fazem multirão para realizar obras – Moradores da área do Canal do Jandiá tentando resolver seus problemas, se uniram com autoridades do Estado para tentar resolver seus problemas de infra-estrutura local"(18).
"Pai e filho morem eletrocutados no Araxá – Ao tentarem limpar o terreno onde estavam construindo a casa onde iriam morar com a família na invasão do Araxá...morreram eletrocutados"(19).
Todavia este mesmo jornal dedica uma material especial , quando enfoca o problema cobrando das autoridades suas responsabilidade sobre a situação de abandono.
"O último plano diretor da cidade de Macapá foi colocado no papel...nos anos 1970, mas ficou só nisso. Passaram pelo Setentrião, Palácio Municipal e Congresso Nacional dezenas de políticos, sem que nenhum deles manifestassem preocupação com o grave problema que atravessamos hoje. Macapá é um aglomerado de problemas tão grandes só comparáveis a precariedade das moradias da Baixada do Japonês. As lixeiras da orla do Amazonas...são exemplos de como é desconhecido e rasgado o novo Código Ambiental, recém-sancionado pelo Presidente, sem dúvida, mas constantemente desmoralizado como inúmeras outras leis nesta terra Brasilis, que pouco tempo vai comemorar 500 anos"(20).
Conclusões
Uma investigação mais detalhada do assunto poderia nos levar a superação da falsa-verdade que se transmite ao senso-comum local (que a instalação da ALCMS provocou o fluxo migratório)- ou será mesmo o senso-comum a gênese da inteligência informativa para a investigação desses fatores?.
Acredito que pode-se superar a justificaficativa do atual processo imigratório no Amapá, unicamente pela idéia de criação do Estado ou pela implantação da Área de Livre Comércio, não de pode aceitar que o fenômeno populacional do final do século XX ( da crise global do processo produtivo) torne-se coisa comum.
Todavia penso que esta pressão recente é fruto de múltiplos fatores que se estendem desde as falências dos projeto agropecuários, minerais, até a criação do Estado, onde a criação da ALCMS, tenha a sua importância, no entanto não a principal.
Em síntese, o que se pretende com os resultados deste trabalho é mobilizar a comunidade envolvida no sentido de promover e implementar medidas alternativas para recuperação e conservação ambiental, bem como o acesso aos serviços sociais básicos, principalmente saneamento, saúde e educação. Para isto, propomos a implementação de atividades sustentáveis como: criação do Parque Linear Urbano ao longo do canal, com manejo de açaizais e espécies de rápido crescimento, incentivando a ecologia urbana; incentivo ao plantio de Culturas Alimentares e Medicinais, Promover campanhas informativas sobre uso adequado da água e destinação do lixo, bem como mobilizar a comunidade para cobrar do poder público a implantação da infra-estrutura necessária.
Notas
1. Ver pesquisa realizada pela Diocese de Macapá (1995) com o título Realidade Migratória em Macapá e Santana. Macapá (Brasil): Diocese de Macapá, 1995.
2. Referente aos aspectos históricos da ocupação do Amapá é importante consultar as obras de Picanço (1983) Raiol (1991) e Rodrigues (1993).
3. De acordo com o Plano Estadual Ambiental (1997), mesmo levando em consideração o incremento populacional ocorrido nas últimas décadas, o Amapá apresenta, ainda, uma densidade demográfica baixa, estimando o IBGE a taxa de 2,8 hab/km² para 1997. Ocorre, porém, uma distorção na distribuição dessa população, que se encontra fortemente concentrada no eixo Macapá-Santana e nas áreas urbanas, de um modo geral. Estimativas da SEPLAN para 1995, baseadas em dados do IBGE referentes a 1991, mostram que 76,44% da população residem em áreas urbanas, sendo que 62,75% estão em Macapá, capital do Estado, e Santana, demonstrando um desequilíbrio espacial acentuado na dinâmica demográfica do Estado. Os dados estatísticos apresentados nas Tabelas acima demonstram a necessidade de retificar a estimativa populacional do Estado do Amapá contida na versão precedente do PEA (março, 1996) em termos da evolução populacional do Estado. De fato, ela se baseou em dados fornecidos pela Justiça Eleitoral. Por esses dados, a totalidade do eleitorado amapaense em 1994 "perfazia um total de 200.000 mil eleitores, mas com sintomas de fraude, principalmente, no tocante ao alistamento eleitoral". Foi a partir dessa base de dados estimou- se uma população para o Estado igual ou superior a 600 mil habitantes. Estimativa que as análises posteriores do IBGE mostraram equivocadas. Resultado também foi corroborado pela Justiça Eleitoral. Com efeito, de março de 1995 a março de 1997, o TRE do Amapá realizou a revisão eleitoral em todo o Estado, onde "os eleitores foram chamados, sendo que os que compareceram tiveram seus títulos confirmados e os que não compareceram tiveram seus títulos cancelados. Cerca de 35.000 mil títulos eram referentes a pessoas que haviam morrido ou oriundos de fraude." Em razão disso houve uma abstenção de apenas 3% nas últimas eleições.
4. Importante estudo realizado por Luís Eduardo Aragón e Luc Alfred Mougeot sobre as migrações e mobilidade populacional na Amazônia brasileira que pode ser encontrado em ARAGÓN & MOUGEOT (Orgs), 1986.
5. Pesquisa de Campo do autor realizada entre os meses de agosto a outubro de 1998),com participação de alunos bolsistas do programa ‘Adote uma Bacia’ Tatiana Pantoja de Oliveira (história), Alex Pinto Carvalho e Carlos Arthur Pelaes da Silva (geografia) Salete Rodrigues da Silva (educação artística).
6. Ressacas ( lagos ou lagoas) são bacias de recepção e de drenagem fluvial recentes, ricas em biodiversidade, de dimensões e formas variadas, configurando como fontes naturais hídricas, e composição florística e fauna variadas (junco, buritizeiros, anhingas, caraná, sosoró-camarões, tamuatás, insetos, camaleões, jicurarús, ofídios, etc...), encravados na formação barreiras, apresentando características evidentes de argila e areias no seu domínio, com comunicação endógena e exógena – concepção apresentada por Antônio Messias Gonçalves da Silva.
7. A esse respeito consultar Cole, (1979) em um estudo sobre a cidade de Macapá ver COLE, H. J. & Associados. .
8. Açaí (Euterpe oleracea Mart.). Palmeira típica das florestas de várzeas do rio Amazonas cujos frutos se faz um suco muito apreciado pelas comunidades locais. Atualmente está ameaçada de extinção pela ação das empresas produtoras de palmito nativo.
9. Ver edição do Jornal do Dia - No.2609, 25/03/1996.
10. Ver edição do Jornal do Dia - No.2548, 23/01/1996.
11. Ver edição do Jornal do Dia - No.2543, 18/01/1996.
12. Ver edição do Jornal do Dia - No.2597, 13/03/1996.
13. Ver edição do Jornal do Dia - No.2599, 15/03/1996.
14. Ver edição do Jornal do Dia - No. 2536, 11/01/1996.
15. Ver edição do Jornal do Dia - No.2557, 01/02/1996.
16. Ver edição do Jornal do Dia - No.2613, 29/03/1996.
17. Ver edição do Jornal do Dia - No.2528, 03/01/1996.
18. Ver edição do Jornal do Dia - No.2570, 14/02/1996.
19. Ver edição do Jornal do Dia - No.2614, 30/03/1996.
20. Ver edição do Jornal do Dia, de 03 de maio de 1998.
Bibliografia
ARAGÓN & MOUGEOT (orgs). Migrações internas na Amazônia - contribuições teóricas e metodológicas. Belém: NAEA, 1986.
COLE, H. J. & Associados. Planejamento urbano, turístico e arquitetura. Rio de Janeiro: Cole, 1979.
DIOCESE DE MACAPÁ. Realidade Migratória am Macapá e Santana. Macapá: Diocese de Macapá, 1995.
FIBGE. Sinopse Preliminar do Censo Demográfico de 1991- Roraima e Amapá. Rio de Janeiro: FIBGE.
JORNAL DO DIA, Macapá (Brasil): gráfica O Dia, 1996-1998.
GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ. Plano Estadual Ambiental – PEA.Mimeo, Macapá,1997.
PICANÇO, Estácio Vidal. Informações sobe história do Amapá. Macapá: Imprensa Oficial, 1983.
RAIOL, Osvaldino. A utopia da terra. Macapá: O Dia. 1991.
RODRIGUES, Fernando. História do Amapá. Macapá: Imprensa Oficial. 1993.
SANTOS, Milton. Novo mapa do mundo - globalização no final do século XX. São Paulo: Hucitec-Anpocs, 1994.
© Copyright: Ricardo Ângelo Pereira de Lima, 1999
© Copyright: I Coloquio Internacional de Geocrítica, 1999

Tiroteio em centro de imigrantes em Nova York deixa 14 mortos

BINGHAMTON, Estados Unidos (Reuters)
Um homem armado com duas pistolas invadiu na sexta-feira um centro de serviços para imigrantes e matou 13 pessoas antes de aparentemente cometer suicídio, segundo a polícia da cidade de Binghamton, Estado de Nova York.

O chefe de polícia Joseph Zikuski disse em entrevista coletiva que o atirador bloqueou a saída traseira do centro com seu carro, entrou pela porta dianteira e baleou duas recepcionistas antes de se dirigir a uma sala de aula onde 13 corpos foram encontrados.
Ele afirmou que quatro pessoas estão em estado grave, inclusive uma das recepcionistas que sobreviveu atirando-se no chão e fingindo-se de morta. Ela ligou para a polícia quando o homem passou à sala seguinte, de acordo com Zikuski.
O policial afirmou que o homem supostamente teria assistido aulas no local e seria conhecido dos funcionários. "Não temos ideia de qual é o motivo", declarou.
A imprensa disse que o atirador era um asiático de 41 ou 42 anos, que vestia jaqueta verde. "Foi definitivamente premeditado. Ele fez uma barricada na porta traseira - colocou seu carro bem contra a porta, para que ninguém pudesse fugir", afirmou Zikuski.
Em nota, o presidente Barack Obama se disse "chocado e profundamente entristecido" com o incidente.
Zikuski disse que 37 pessoas foram retiradas ilesas do prédio, inclusive 26 que haviam se refugiado no porão.
Todos os tiros foram disparados antes que a polícia chegasse ao local, na rua principal de Binghamton, cidade de 45 mil habitantes, cerca de 240 quilômetros a noroeste da cidade de Nova York.
O prédio da Associação Cívica Americana é usado para aulas de inglês e outros serviços a imigrantes que pleiteiam a cidadania norte-americana. O governador David Paterson lamentou esse "ato insensato de violência" contra pessoas "que queriam fazer parte do sonho americano".
Zikuski disse que a polícia acredita que o atirador esteja entre os mortos porque um dos corpos era o de um homem que usava uma bolsa com munições e portava duas pistolas. A polícia também localizou o dono do carro usado no ataque, que estava emprestado ao suspeito.
A imprensa local informou que as autoridades pediram um intérprete vietnamita para se comunicar com o atirador.
Matanças como essas são comuns nos EUA, onde é muito fácil comprar armas, e portá-las é um direito constitucional.
No mês passado, um homem matou dez pessoas, inclusive vários parentes seus, no Alabama.
Em 16 de abril de 2007, um estudante matou 32 pessoas e cometeu suicídio na universidade Virginia Tech, no pior incidente desse tipo na história moderna norte-americana.